Deputado propõe moção de protesto à exposição de Evandro Prado

O deputado estadual Sérgio Assis (PSB) apresentou moção de protesto contra a exposição Habemus Cocam, do artista Evandro Prado, no Museu de Arte Contemporânea (Marco). Ele destaca que a mostra não respeita símbolos religiosos da Igreja Católica, como imagens de Nossa Senhora Aparecida, de Jesus Cristo e o Santíssimo Sacramento.

Assis afirmou que a Carta Política proíbe o cerceamento à liberdade de expressão, de pensamento, intelectual, artística e científica. No entanto, destaca que há a garantia de proteção das liturgias das religiões. "A exposição de símbolos religiosos de maneira distorcida e atentória, sob o escudo de pseudo obra de arte, vem de encontro à opção religiosa do semelhante", destacou.

"Em que pese a atividade artística, com a telas em acrílico retratando símbolos sagrados da Igreja Católica, sob forma e verossimilhança da bebida artificial mais consumida mundialmente, não condiz com a respeitabilidade que toda religião amplamente desfruta em nosso País. A iconografia, desde que desarmada da finalidade de desprezo e do escârnio, tem de ser reconhecida e elogiada", afirmou. Para Assis, há "nítida e censurável satirização de alguns símbolos sagrados da Igreja Católica Apostólica Romana", destacou.


Edivaldo Bitencourt
Campo Grande, MS, terça-feira, 23 de Maio de 2006 (11:20)
Agência de Notícias do Legislativo - ANL