44º SARP: Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo

2/Agosto a 20/Setembro de 2019

SESC Cultura Campo Grande - MS: "Alvorada e Confronto"

23/julho a 31/Outubro de 2019

Centro Cultural São Paulo: "Tem que manter isso aí, viu?"

25/Maio a 25/Agosto de 2019

O artista trabalha a partir de questões políticas, religiosas e mercadológicas que se cruzam na tessitura de um discurso plástico, reunindo elementos extraídos da tradição e outros do contexto cotidiano. A manipulação de imagens ocorre com a apropriação de ícones do catolicismo, de personagens históricos ou monumentos. Essa relação com o imaginário, propõe de maneira irônica uma desconstrução e ressignificação das imagens apresentadas na sociedade, que são símbolos de respeito ou devoção. Prado utiliza de diversas técnicas em sua produção, e sua poética questionadora estabelece uma crítica no âmbito da sociedade contemporânea.